Câmara Municipal participa da incineração de mais de 14 toneladas de drogas.

Entorpecentes como maconha, cocaína, crack e sintéticos como ecstasy e LSD, que foram tirados de circulação pela Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e Polícia Militar Rodoviária Estadual.

 

O Governador Reinaldo Azambuja disse que Mato Grosso do Sul bateu todos os recordes de apreensões de drogas, o que mostra segundo ele, a eficiência das polícias do Estado.

O Delegado-Geral da Polícia Civil Roberval Maurício Cardoso Rodrigues disse que a grande quantidade de drogas incineradas em Maracaju é resultado da integração entre as polícias e principalmente pelo esforço de cada um dos policiais.

 

Amylcar Eduardo Romero Delegado titular da Polícia Civil em Maracaju lembrou que a luta contra ao combate as drogas tem duas vertentes que é a repressão e a prevenção.

 

 

O ato de incineração contou ainda com a presença da delegada Sidnéia Catarina Tobias Diretora do Departamento de Polícia do Interior (DPI), do Comandante da Polícia Militar Rodoviária Estadual Tenente Coronel Waldir Acosta, do Delegado Regional de Dourados, Lupércio Degerone Lúcio, de peritos criminais, policiais civis, militares, policiais do DOF, policiais Rodoviários Federais e autoridades politica.


Alex Souza

Thaise Dias

Comments are closed.