Presidente da Câmara e Vereadores visitam instalações da BBCA

O Presidente da Câmara Municipal Vereador Hélio Albarello, juntamente com os vereadores Edio Antônio, Bruno Barros, Sebastião Arguelho, Nenê da Vista Alegre, Beto Schwinn e Nego da Acamar estiveram visitando as instalações da BBCA.

No estado de Mato Grosso do Sul é o primeiro investimento do grupo Chinês. A BBCA devera investir mais de 320 milhões de dólares na construção da fábrica, a obras estão em ritmo acelerado com mais de 150 trabalhadores. A expectativa dos empresários chineses é que inicio de 2017 a indústria já esteja funcionando.

Para o Presidente da Câmara Municipal essa indústria já esta gerando vários empregos para os Maracajuenses e trazendo desenvolvimento para o Mato Grosso do Sul. “Hoje estamos aqui para conferir de perto a obras de construção da indústria chinesa em nosso município, percebemos que esta em ritmo acelerado, dando oportunidade de emprego para nossos munícipes e com essa indústria em funcionamento serão mais 400 empregos diretos.” Finalizou Hélio Albarello.

A BBCA vai esmagar mais de 1 milhão de toneladas de milho por ano, e segundo o vice-presidente da Empresa China, Cao Mengchen outros empresários chineses devem construir indústrias em Maracaju após o inicio das atividades da indústria no inicio de 2017.

A produção de bioquímicos que será produzido em Maracaju 60% devera seguir para a China e 40% ficaram direcionando para o consumo interno Brasileiro. “Esse foi o acordo que fizemos o Estado de Mato Grosso do Sul e em especial a cidade de Maracaju é rica em matéria prima, mais carece de infraestrutura necessária para fabricação de bioquímicos”. Disse Cao Mengchen.

O Primeiro Secretario da Câmara Municipal acompanhou a comitiva de políticos e empresários no canteiro de obras da BBCA e falou da importância dessa indústria para Maracaju e para o Mato Grosso do Sul. “Maracaju vai dar um salto na economia, emprego nesses próximos anos, com certeza seremos uma das cidades mais promissoras em nosso Estado, falando agora com o vice-presidente da BBCA nos próximos meses teremos a realização da parceria em que viram pessoas capacitadas para ensinar a quem quiser aprender o Mandarim, e também pretendem treinar alguns trabalhadores nas unidades industriais da China para produzir alimentos de padrão internacional de qualidade.” Finalizou Edio Antônio.

Maurílio Azambuja ressaltou a alegria de ver os projetos acontecendo em Maracaju. “Para nos é motivo de alegria em ver esse canteiro de obras trabalhando em ritmo acelerado, e mais contente ainda que no inicio de 2017 já estará funcionando a indústria chinesa e gerando renda e emprego a nossa população e fico mais feliz ainda por ter participado desse importante investimento para Maracaju”. Disse o prefeito.

A indústria chinesa devera produzir acido cítrico, gérmen de milho, amido, glicose, maltose, óleo, proteína de milho em pó, fibra alimentar e lisina.

Texto e Fotos : Alex Souza

POST A COMMENT.