Presidente da câmara Édio Antônio e vereadores participam de audiência pública que trata da Ferrovia Ramal Maracaju

O evento foi proposto pelos deputados estaduais Amarildo Cruz (PT) e Laerte Tetila (PT) e o senador Delcídio do Amaral (PT) e conta com a presença de diversas autoridades, entre elas o presidente da EPL (Empresa de Planejamento e Logística), Bernardo Figueiredo.

 

Os vereadores de Maracaju marcam presença porque o ramal A EF-267 é umas das ferrovias priorizadas pelo Governo Federal e ligará a região do Bolsão e da Grande Dourados, passando por Maracaju  interligando via férrea  Mato Grosso do Sul a São Paulo.

 

Os trilhos passarão por Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Bataguassu, Nova Andradina, Angélica, Deodápolis, Dourados e Maracaju, com ramais integrando à malha ferroviária do Paraná, permitindo o escoamento da produção pelo município de Mundo Novo para Guaíra, Cascavel, Guarapuava, Irati, Iguaçu e Paranaguá, onde está localizado um dos mais importantes portos do Brasil.

 

De acordo com  vereador Édio Antônio, a EF-267 depois de instalada será  ligação importante para escoar a produção agropecuária do estado , “é importante a participação da câmara de Maracaju nessa discussão desse projeto, vai impulsionar ainda mais a economia do município,” disse.

 

Hosana de Lourdes

Comments are closed.