Vereador Beto Schwinn repudia contra pregação do Missionário Ironi

Na Sessão Ordinária de quarta-feira (29), a uma moção de repúdio estava na pauta contanto apenas com os votos favoráveis do vereador Bruno Barros e do autor Beto Schwinn. O missionário segundo o vereador esteve em Maracaju numa tarde de “Cura e Libertação”, teceu criticas, a atual presidente desrespeitosa, assim como o atual governo.

Segundo a redação da moção, o vereador lembra que é preciso respeitar as vontades de cada cristão, assim como respeitar a religiosidade de cada um.  “Seria mesma coisa que discutir religião na câmara, sendo que cada um tem a sua,” lembrou.

“uma verdadeira violência contra o cristianismo, pois o pregador (missionário)  apresenta uma versão deturpada dos fatos”, Disse Beto Schwinn.

 

Votos contrários

As demais bancadas se posicionaram contra a moção lembrando que em quaisquer momento seria coibir o direito e a liberdade expressão, voto a voto teve a sua justificativa.

 

Comments are closed.